sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Belo Monte: Os vexames de Maurício Tolmasquim

Maurício Tolmasquim no momento em que se disse "atordoado"
Por Telma Monteiro

O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, representou o governo brasileiro na Conferência sobre Belo Monte, em Bruxelas. Ele participou do segundo painel, em que estava também o Procurador da República Felício Pontes Jr. que foi o primeiro a se apresentar. 

No final da sua fala, Maurício Tolmasquim, visivelmente nervoso e alterado, disse que nunca havia ouvido tanta desinformação, apresentada lá, sobre Belo Monte. Disse estar "atordoado"! Ele se excedeu, desrespeitou a plenária, os palestrantes do primeiro painel, os integrantes do painel do qual participou, o povo brasileiro e as três parlamentares que organizaram a Conferência. Sua fala chegou a ser cortada pela moderadora no momento de responder às perguntas dos participantes. Na foto do Tolmasquim, o momento do primeiro vexame. Coloquei no final vídeo da Conferência.

O terceiro painel contou com a participação da Antonia Melo da Silva, Movimento Xingu Vivo para Sempre e, novamente, Francisco Del Moral Hernández (participante do primeiro painel). Ambos fizeram brilhantes apresentações.

Maurício Tolmasquim foi criticado ao final por sua postura rude e agressiva. Ele foi a nota que destoou na Conferência que teve uma nível técnico elevado. Felício Pontes Jr., mais uma vez, fez uma apresentação absolutamente elegante, forte, segura e tecnicamente irrepreensível. 

Felício Pontes Jr., Procurador da República

Recomendo que o leitor desta nota assista à gravação da Conferência

Para quem não pôde assistir ontem (14) a Conferência sobre Belo Monte, no Parlamento Europeu, em Bruxelas, já está disponível a gravação, também pelo link:

5 comentários:

  1. Vexame? Esses estrangeiros do "primeiro mundo" dizem barbáries e querem que fiquemos calados? Falam como se Belo Monte fosse um "crime"! Faça-me o favor..quero ver se os ambientalistas vivem sem eletricidade...garanto que todos dorme com seus ar-condicionados ligados à noite!

    ResponderExcluir
  2. é crime sim e esse tal tolmasquim é uma falácia humana... um fantoche da dilma. ele é memso descontrolado e é assim no dia a dia, sempre digo q respeito se conquista, NÃO se impoe.

    ResponderExcluir
  3. ah, meu nome é Rosely Bastos e parabens pelo Blog Telma.

    ResponderExcluir
  4. Claro que é crime. Nesse governo só há doentes que estão vendendo o país.

    ResponderExcluir
  5. O Felício Pontes só quer o atraso do povo paraense, mas ele próprio pertence oligarquia que domina o Pará. O que ele quer é manter o povo do interior do Pará no século IX e nunca tirá-lo de lá. Pois assim ele mantem o feudo de acéfalos que o apoiam, como a dona desse blog.

    ResponderExcluir